Reformas: tudo para ter um ambiente renovado

A reforma de um espaço ou ambiente é realizada para fazer as manutenções e consertos necessários, ou para modificar e renovar. De qualquer forma, o planejamento e a pesquisa são necessários para que a reforma ocorra da maneira correta e dentro do orçamento traçado.

No momento da reforma há muitas dúvidas, principalmente, por onde começar, por isso é preciso ter algumas orientações simples, práticas e eficientes que contribuem para que o objetivo final seja realizado com sucesso.

Primeiros passos

Para dar inicio ao panejamento é preciso definir quais são os objetivos que precisam ser realizados com a reforma do local. Após traçada as metas é o momento da pesquisa.

Essa primeira busca pode ser para inspiração, se objetivo for renovar o espaço com a reforma. Aqui é necessário definir a identidade do ambiente, se será mais rustico, elegante, clássico ou contemporâneo.

Após definido essa etapa é o momento da busca por materiais e móveis, uma dica importante para economizar é sempre buscar a melhor relação custo-benefício, mas também há muitos tutorias online que explicam como fazer algumas decorações e até mesmo móveis que podem gerar uma grande economia na hora da reforma.

Após todos as pesquisas e o projeto de reforma prontos, inclusive com o planejamento orçamentário, é o momento de começar todo o processo.

A reforma

Se for reformar mais de um local o ideal é realizar um espaço por vez, para ter mais organização e qualidade nos processos. Se for preciso trocar ou realizar a manutenção do assoalho ou forros é indicado que a reforme inicie por ele.

Há no mercado algumas opções de forros:

Cada tipo de forro apresenta vantagens e desvantagens, por isso antes de realizar a escolha é preciso verificar se o local será úmido ou mais seco e se será na área interna ou externa, pois esses são fatores que contribuem para a escolha ideal para projeto.

Os pisos devem ser a segunda etapa no processo de reforma. Quanto aos pisos de madeira a reforma antes de ser inicializada é indicada a avaliação de um profissional da área para verificar se compensa reformar ou substituir.

O processo de manutenção exige alguns cuidados como a retirada de todos os moveis. Se estes não poderem ser removidos, é indicado a proteção com lonas ou panos, pois a raspagem de tacos bem como dos pisos de madeira de uma forma geral produzem muito pó.

Depois de reformar o teto e o piso, o próximo passo são as paredes que podem ser revestidas de diversas formas, por isso a pesquisa inicial é importante, pois é possível colocar textura para parede por meio de técnicas que utilizam a pintura ou até mesmo por meio do material que irá revesti-la.

Uma tendencia no mercado são os revestimento papel de parede que podem imitar alguns materiais e dar a impressão de ser algo que não é ou dar destaque aquele espaço. A vantagem é que muitas vezes o papel de parede é uma opção mais econômica.

Após a reforma dos elementos estruturais do local é o momento de ir para os que preenchem e dão vida e identidade ao ambiente. A escolha dos moveis planejados – ou não – podem interferir e ser o diferencial do espaço.

Quando o ambiente é menor o mais indicado são os planejados, pois ao serem feitos sob medida o aproveitamento do espaço é realizado de uma forma melhor, ocupando assim todos os pontos do cômodo.

Para finalizar a reforma, os detalhes da decoração que fazem toda diferença! Como a persiana sob medida e outros objetos que podem ser produzidos em casa sem muitos custos, assim o projeto fica ainda mais pessoal e, é claro, mantendo a ótima relação custo-benefício.

É importante ressaltar que alguns processos precisam ser realizados por profissionais especialistas e devidamente capacitados para não ocorrer acidentes e gastos que não estavam na proposta inicial, além disso ao optar por profissionais para realizarem o serviço a qualidade e o resultado final tendem a ser melhores.

Caso opte por realizar, é preciso seguir corretamente todos os processo e ter uma atenção redobrada pra que o trabalho fique bom e sem que acidentes ocorram também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *