Soluções eficientes para garantir a segurança de moradores

A construção civil está repleta de equipamentos que reforçam a segurança dos moradores residenciais, sejam casas, sobrados ou apartamentos. Com características distintas, é possível empregar alguns elementos que podem ser adaptados de maneira apropriada para cada situação.

Os projetos variam entre si, sendo desenvolvidos de acordo com a demanda, o espaço de terreno disponível e a localização onde os empreendimentos imobiliários são instalados.

Por isso, muitos profissionais da área de engenharia e arquitetura fazem estudos e pesquisas no local onde será construído os imóveis, assim como seguem diretrizes e solicitações dos proprietários.

Isso serve como um direcionamento, mas não uma resolução definitiva, pois a técnica deve ser empregada de maneira apropriada.

Proteção física e aplicação de comunicação visual

A segurança residencial envolve diversos aspectos, pois não se trata apenas de evitar o acesso de pessoas não autorizadas ou com más intenções.

Os acidentes dentro de casa ocorrem por situações cotidianas e para evitar, os projetos incluem diferentes equipamentos que evitam ao máximo os riscos que podem ocorrer.

Residências que contam com crianças e pessoas idosas, ou mesmo as distraídas, o mercado disponibiliza o guarda corpo de metalon que pode ser instalado em vários ambientes, entre eles:

  • Escadas;
  • Corredores suspensos;
  • Varandas;
  • Sacadas.

Esse elemento pode ser aplicado seguindo as linhas da arquitetura do imóvel, utilizando matérias-primas que reforçam a segurança, além de empregar beleza e elegância na decoração do ambiente onde está instalado.

A combinação de ligas metálicas e vidro, quando confeccionados com material de qualidade, suporta a oxidação e é resistente contra a corrosão, mesmo em ambientes externo.

Por ser um material que permite a aplicação de tintas, sua durabilidade é extensa e a cor pode ser alterada periodicamente.

Apesar de não ser comum em casas e sobrados, a comunicação visual está presente nos condomínios residenciais, ao menos nas áreas comuns, como corredores, elevadores e recepção.

Nesse caso, é preciso seguir normas regulamentadoras de segurança, empregando placa fotoluminescente para que possam ser vistos no escuro, caso o imóvel sofra uma queda de energia no período noturno.

Essa é uma solução eficiente atendendo a indicação de órgãos fiscalizadores, como a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e para a emissão de documento para a ocupação do imóvel, conhecido como AVCB (Auto de Verificação do Corpo de Bombeiros).

O projeto deve ser apresentado por profissionais capacitados para garantir a segurança dos moradores em situações de risco e ocorrência de pânico, como em um incêndio.

Problemas evitados com materiais de qualidade

Por falar em incêndio, o uso de materiais elétricos como fios e cabos devem ser instalados de acordo com as normas técnicas que regem o setor da construção civil.

O projeto elétrico e toda a instalação pode ficar sob a responsabilidade de um engenheiro elétrico e um eletricista, respectivamente, seguindo todos os protocolos de segurança.

O uso de caixa de tomada com característica anti-chamas deve ser aplicada em pontos estratégicos, servindo como encaixe tanto para as tomadas quanto para os interruptores.

É uma forma de diminuir os riscos de um curto-circuito se tornar a causa principal de um incêndio.

Os elementos estruturais também precisam ter características que combatem o fogo, mesmo que seja com a aplicação de tintas especiais desenvolvidas para garantir a segurança dos moradores, sem perder a finalidade que é deixar os ambientes mais bonitos, com cores diversificadas.

A instalação de uma porta com fórmica pode ser implementada nos ambientes internos, como banheiros e quartos, desde que estejam protegidas com um tinta anti-chamas.

Apesar de serem higiênicas e de fácil limpeza, esse modelo de esquadria é composto por madeira e um revestimento resistente a riscos, denominado melamínico, que pode pegar fogo se não receber o tratamento adequado.

Empresas oferece serviço periódico de manutenção

A área externa também merece atenção quanto aos elementos que são aplicados, quando é necessário um portão para a garagem e para a entrada social.

Com a facilidade de instalação de motores para a abertura e fechamento a partir do acionamento de um controle remoto, o proprietário deve realizar a manutenção portão eletronico com profissionais capacitados, com habilidade técnica para identificar peças desgastadas e fazer a substituição o quanto antes.

Nesse setor da construção civil, os profissionais que atendem trabalham com serralheria, e a automação é uma facilidade que pode ser adaptada mesmo em portões em uso por um longo período.

O proprietário deve ficar atento a sinais que podem indicar a necessidade de conserto portao eletronico, como ruídos do motor ou falta de lubrificação de peças e correntes.

O mercado da construção civil oferece diversos produtos que servem como solução para os mais variados problemas.

Com um planejamento adequado, os projetos podem atender as expectativas dos proprietários e moradores, desde que sejam acompanhados por profissionais em cada etapa empregada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *