Serviços de eletricidade e o impacto na construção civil

O meio da construção civil é muito amplo, pois abrange cada etapa das obras, inclusive a parte eletrica. Sem dúvidas, há necessidade de contar com profissionais qualificados, como da área de engenharia civil, que além dos projetos relacionados aos aspectos elétricos, abrange mecânica de solos, concreto e a parte hidráulica.

Sendo assim, os colaboradores de empresas de engenharia elétrica são de grande importância para que as soluções mais viáveis em relação a eletricidade sejam implantadas.

Naturalmente, questões como a qualidade e segurança também devem ser sempre priorizadas para garantir a eficiência de tais soluções.

Há uma série de fatores que são observados para empregar a área elétrica de uma construção e, com o conhecimento técnico de um profissional, é possível elaborar um projeto preciso. Entre esses aspectos, estão:

  • Cargas elétricas adequadas;
  • Pontos de luz;
  • Número de tomadas;
  • Formas de transmissão de energia.

De fato, trata-se de uma área da engenharia muito ampla, pois envolve toda a base dos elementos elétricos que correspondem a transmissão, geração e distribuição.

Sabidamente, são recursos imprescindíveis para grande parte das atividades realizadas no dia a dia, sejam em locais comerciais ou residenciais.

Características dos projetos de instalações elétricas

Ao se tratar do projeto de instalação elétrica de uma determinada edificação, conforme abordado, há uma série de pontos considerados e um dos principais recursos aplicados pelos profissionais recebe o nome de planta baixa.

Trata-se de uma abordagem gráfica que corresponde ao terreno, em que os cômodos são indicados. No entanto, é preciso que exista uma folha de cálculos, com o período dos locais que integram o projeto.

Isso porque essas informações são de grande importância para o início de reformas e construções, sendo que – nesse contexto – além das medidas e disposição de locais, também é colocada a distribuição elétrica geral, como condutores, lâmpadas, caixas de distribuição e tubulações embutidas na parede (conduítes).

Ainda mais, ao contratar empresas de instalações elétricas em SP é possível que o proprietário tenha uma economia considerável, afinal, uma orientação minuciosa a respeito de recursos será passada, o que evitará desperdícios.

Há necessidade de que exista o gerenciamento adequado da mão de obra desses profissionais, em especial, para evitar transtornos no manuseio da implantação do projeto elétrico e, posteriormente, com a procura constante de um eletricista.

O que é maquete eletrônica?

Sabidamente, uma série de recursos são aplicados para garantir uma elaboração precisa dos projetos, assim como a implantação.

No cenário da construção civil, predominantemente ao se tratar de apresentações de projetos, a maquete eletrônica têm grande visibilidade.

A ferramenta viabiliza a elaboração dos projetos de forma que existam melhorias tanto em relação aos recursos financeiros quanto no que diz respeito ao tempo. Para isso, os processos são efetuados por intermédio de programas específicos.

De um modo geral, as áreas internas e externas são simuladas de modo tridimensional. Por esse motivo, a precisão ao estruturar é crucial para obter resultados satisfatórios e conforme abordado, a planta do local é de grande importância para projetos elétricos.

É uma solução que também contribui com a redução do uso de papéis e a necessidade de armazenar arquivos que ocupam muito espaço. Desta forma, trata-se de um recurso empregado por profissionais de diversas áreas, inclusive na arquitetura.

Sem dúvidas, o suporte de um software para atender determinados processos dos projetos pode ser um grande diferencial. Todavia, é importante abordar que existem modelos variados, que permitem até mesmo que a performance de energia do local seja testada.

Já em relação aos outros profissionais, podem empregar a maquete eletrônica para análises voltadas para revestimentos, fachadas, otimização de uso da água, reformas, entre outras possibilidades.

Um dos componentes responsáveis por contribuir com o diferencial da maquete recebe o nome de renderizador, tendo como principal funcionalidade atribuir ao desenho uma estética mais real.

Depois do processo de renderização ainda há a possibilidade de tratar a imagem e alterar os detalhes necessários.

Os benefícios do recurso vão além, pois os programas podem viabilizar uma série de customizações, o que favorece os profissionais e consequentemente os clientes. Afinal, soluções mais precisas e que realmente atendam as expectativas podem ser alcançadas dessa forma.

Além das questões abordadas no decorrer do texto, é de grande importância citar que a ausência de suporte especializado pode causar grandes prejuízos. Afinal, um projeto dimensionado de forma incorreta é altamente perigoso devido a problemas como incêndios, curto-circuitos e sobrecarga de equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *