Segurança do início ao fim de um projeto da construção civil

O setor da construção civil está sempre em desenvolvimento, aplicando novas tecnologias em obras públicas, como estradas, parques, pontes, aeroportos e em empreendimentos imobiliários privados, como shoppings centers, condomínios residenciais verticais e horizontais para atender a área residencial e empresarial.

Com várias obras construídas, muitos equipamentos imobiliários são reutilizados e transformados, acompanhando o desenvolvimento urbano das cidades e capitais.

Para isso, as construtoras destacam profissionais especializados em reformas, empregando novos ambientes a locais anteriormente decadentes ou espaços mal-aproveitados.

A aplicação de planejamentos de ocupação territorial passou a oferecer diferentes cenários municipais, implementando novas áreas de zoneamento, antes residencial, em áreas mistas.

O contrário também é observado, com muitas áreas industriais se tornando locais com construção de casas e prédios residenciais e comerciais.

Para respeitar a legislação vigente, muitos empreendedores passaram a investir na readequação territorial, oferecendo novos modelos de negócios imobiliários, com toda a comodidade, segurança, praticidade e mobilidade necessária para o zoneamento.

Casas e apartamentos recebem maior atenção

A migração da população de cidades do interior para os grandes centros urbanos, assim como a mudança para outros estados, tornou muitas cidades o centro de interesse para ocupação de profissionais e toda a família.

Atentos a estes novos consumidores, muitas construtoras e incorporadoras imobiliárias passaram a apostar na reforma residencial de casas e prédios já existentes, além da construção de condomínios verticais, com edifícios que passaram a fazer parte da linha do horizonte de muitos municípios.

A contratação de mão de obra especializada também passou a fazer parte de uma nova realidade, com todos os trabalhos de engenheiros, arquitetos, pedreiros, eletricistas e encanadores como parte de uma estruturação orgânica e natural de bairros com planejamento estratégico.

Esse planejamento deve levar em conta questões de mobilidade urbana e serviços essenciais, como centros comerciais, escolas, hospitais e segurança pública e privada.

Dentro dos projetos, o acabamento das obras passa por diferentes etapas, considerando a parte interna e externa de uma estrutura imobiliária.

Desse modo, a empresa de pintura externa deve entregar todo o trabalho finalizado, com a tinta aplicada em muros, paredes e até mesmo nos rodapés de toda a estrutura. Isso deve ser feito seguindo os devidos cuidados, como:

  • Superfície resistente, limpa e seca;
  • Livre de resíduos de cimento e gordura;
  • Aplicação de selantes e impermeabilizantes;
  • Uso de ferramentas adequadas..

Toda a área de cobertura deve receber o tratamento e acabamento, conforme o tipo de tinta escolhida, que pode ser semibrilho, acetinado ou fosco.

Nas áreas externas, o modelo mais apropriado é lavável, com uma durabilidade de quatro anos, conforme a manutenção preventiva e a localização geográfica, dependendo da umidade do ar.

Apesar disso, é importante frisar que toda superfície sofre desgaste com o passar do tempo, pois ação do tempo é implacável, como vento, incidência da luz do sol e a qualidade do material que foi empregado no acabamento também pode influenciar nisso.

Ferramentas apropriadas para reforma estrutural

Outra parte importante para garantir a segurança de toda a estrutura é a impermeabilização de laje. Mesmo com a cobertura de um telhado, é possível que alguns pontos possam apresentar infiltração, sem o conhecimento do proprietário.

Logo, a aplicação de mantas impermeáveis passa a ser um seguro a mais dentro do planejamento de uma reforma residencial.

No desenvolvimento de todo o projeto, é preciso identificar as ferramentas apropriadas para instalar este tipo de elemento estruturante.

Assim, o uso de escoramento de laje com ferro é o mais comum e, também, mais seguro dentro da construção civil.

Segurança elétrica e descarte regular de resíduos

Dois pontos que devem ser tratados com atenção referem-se à segurança de todo o sistema elétrico aplicado em uma estrutura imobiliária e o descarte de resíduos sólidos da construção civil.

Muitas empresas tratam da coleta e encaminhamento a locais apropriados, que realizam a reciclagem de entulho da construção civil, transformando restos de concreto, por exemplo, em blocos para calçadas e áreas externas.

As madeiras que servem de escora também podem se transformadas em itens como banquetas e estruturas de apoio para jardins e pomares.

Todos os serviços devem ser realizados por empresas especializadas, para garantir o conforto e a segurança dos moradores e de terceiros.

Afinal, as empresas devem ser responsabilizadas por todo o período de reforma e aplicação de elementos de proteção, emitindo documentos como o art laudo de aterramento, para que não tenha nenhum prejuízo aos proprietários.

Todo o planejamento e execução de um projeto de obra da construção civil deve ser acompanhada por profissionais capacitados, interessados em entregar uma casa ou um prédio com todos os equipamentos de segurança devidamente instalados, do início ao fim dos trabalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *