Saiba quais são os elementos essenciais no condomínio

Existem várias modalidades de condomínios, desde os prediais (por meio de um conjunto de prédios) até os condomínios de residências, onde cada pessoa consegue realizar a construção de uma casa, de forma mais isolada a privativa.

Seja qual for o tipo de condomínio, ele precisa oferecer para os residentes bastante segurança e bem-estar.

Por isso, nesse artigo, separamos algumas dicas importantes para quem vive em condomínios, assim como para quem administra esses locais.

Essas dicas tratam tanto sobre um aspecto de reforma, como também sobre a administração e novos elementos que podem ser incorporados para tornar o local ainda mais agradável. Confira!

A administração do condomínio

Nos condomínios é comum que exista a presença de um síndico. Essa pessoa pode ser tanto morador do prédio como um profissional de uma administradora de condominios.

A função do síndico é administrar o prédio, assim como garantir que os moradores tenham uma boa convivência, conseguindo solucionar os problemas em comum.

Além disso, o síndico fica responsável pela gestão financeira do prédio, no que se refere ao número na inadimplência, as arrecadações com as contas de condomínio, seus pagamentos, assim como os investimentos em reforma.

Para ser síndico é fundamental que a pessoa tenha conhecimentos básicos em:

  • Administração;
  • Contabilidade;
  • Gestão fiscal;
  • Boa convivência.

O síndico pode contar também com o apoio de uma administradora de condomínio que fica responsável pela parte burocrática como pagamentos e soluções de problemas, servindo como um intermediário.

Essa administradora pode recomendar também a portaria virtual, que representa uma redução dos gastos do condomínio.

Essa portaria virtual é bastante interessante porque não conta com a presença de um porteiro fisicamente e sim em uma central.

Com isso, somente pessoas autorizadas conseguem entrar no condomínio por meio de um contato com a central identificação. Esse é o modelo que tem se mostrado bastante seguro e que vem sendo adotado em diversos condomínios, agregando segurança e bem-estar.

Vai fazer uma reforma?

Além de pensar na administradora do condomínio, assim como no procedimento de instalação de uma portaria virtual, em alguns momentos é necessário fazer uma reforma no condomínio. Por isso, vamos começar falando sobre a restauração de fachada predial.

A fachada do prédio é, basicamente, a exposição dela para as outras pessoas e com o passar do tempo ela pode ser danificada devido aos fatores externos como sol e chuva. Por isso, restaurar a fachada é fundamental para garantir a beleza do prédio, além de aumentar o seu valor no mercado imobiliário.

Essa restauração pode envolver tanto procedimento de pintura, assim como instalação de vidros e outros elementos que tornam o local ainda mais bonito e sofisticado.

Vale a pena falar sobre o uso do forro de gesso detalhado. O forro de gesso é um material utilizado para cobertura da laje, principalmente, atuando na proteção de infiltrações.

O forro também pode ser aplicado em cada condomínio, reforçando ainda mais a proteção e aumentando a vida útil das paredes.

Para fazer uma reforma no local, não esqueça de contratar uma equipe especializada assim como consultar os condôminos sobre essa ação.

Outro tipo de atuação da reforma é por meio da troca do piso. Nossa dica é a utilização e verificação do piso tátil interno, que precisa ser bastante sofisticado, mas também antiderrapante para facilitar o deslocamento das pessoas.

Novos elementos a se incorporar

Como falamos no início do artigo, diversas pessoas podem viver em um condomínio. Isso significa ter em um mesmo local pessoas diferentes tanto fisicamente como em suas necessidades.

Por isso, tornar o local ainda mais acessível é a melhor opção para quem administra um condomínio.

Em procedimento de reforma é fundamental pensar na acessibilidade, principalmente, de pessoas que tenham algum tipo de deficiência, assim como dos idosos e gestantes.

No caso de pessoas com deficiência de locomoção é fundamental que o local tenha uma rampa de acessibilidade para facilitar o acesso dessa pessoa a pontos comuns do condomínio como a piscina e área de churrasqueira, assim como o estacionamento e à própria residência dela.

Além disso, outro elemento que pode contribuir para acessibilidade é instalação de elevadores que facilita tanto a locomoção de pessoas portadoras de deficiência, mas também torna o dia a dia dos moradores mais agradável.

O elevador é um elemento que facilita o deslocamento das pessoas, contribuindo também para a valorização do imóvel.

Além dessas medidas, para facilitar a acessibilidade no local, existem outras, como ter vagas específicas e preferenciais para idosos e pessoas com deficiência, pensar no acesso a locais e pontos em comum e manter o cuidado com todos os moradores do local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *