Saiba agora como funciona um canteiro de obras

Para que um construção dê certo, é preciso organizar muitos processos. Um deles é o próprio canteiro de obras, que precisa ser adequado e seguir algumas regras. Para isso, é necessário saber como funciona esse espaço da engenharia.

Antes de explicarmos todos os processos, vamos entender porque é importante que o canteiro de obras seja organizado. O primeiro ponto é que, com organização, é possível evitar desperdício de tempo e economizar dinheiro.

Atrasos também são evitados com um planejamento correto. Além disso, outros benefícios de se manter um canteiro de obras dentro dos conformes são:

  • O prazo de entrega é cumprido;
  • O ambiente é mais confortável para o trabalho;
  • É melhor para os equipamentos e materiais;
  • Não causa acidentes;
  • É mais seguro.

Funcionamento do canteiro de obras

Agora que já entendemos melhor sobre a importância e as vantagens de manter um canteiro de obras organizado, vamos falar sobre seu funcionamento.

Ele pode ser dividido em três tipos: o canteiro restrito (que tem cerca de tapumes ou muros), o canteiro amplo (que não contém área delimitada) e o longitudinal (que pode ou não ter delimitações, mas conta com um espaço mais estreito e longo).

O primeiro é mais comum em áreas urbanas. O segundo, é mais comum em obras públicas e rurais. Já o último pode ser feito em ambos os espaços.

Dependendo do local da construção, é necessário realizar, antes mesmo de montar o canteiro, serviços de topografia. Por meio desse serviço, é feita a análise de acidentes geográficos.

Assim, estuda-se a área, o perímetro, a orientação, as variações de relevo, entre outros dados. Portanto, os serviços topograficos são fundamentais para todos os tipos de obra.

Alguns dos serviços prestados pelas empresas de topografia são:

  • Demarcação e retificação de áreas;
  • Emissão de Certificado de Aprovação de Resíduos Industriais;
  • Cálculos de volume, aterros e cortes;
  • Alinhamento de equipamentos;
  • Entre outros.

Outra atividade importante para o funcionamento do canteiro de obras é a locação de equipamentos. Um dos mais comuns no momento inicial da construção é a locação de rolo compactador.

Essa máquina tem a função de adensar o solo, fazendo com que o local esteja mais preparado para receber a obra, seja ela uma rodovia, uma casa, um edifício ou uma indústria.

Para cada tipo de terreno, há um tipo de rolo. Por isso, para realizar o aluguel de rolo compactador, é preciso primeiro fazer o serviço topográfico.

Estruturas logísticas e de serviço também precisam estar presentes no canteiro de obras. Com um escritório montado no local, diversas atividades são feitas com mais praticidade e eficiência.

Por fim, fazer um checklist de outros equipamentos e espaços que podem ser necessários no canteiro é fundamental.

Alguns desses equipamentos e espaços podem ser:

Normas e regulamentos

Assim como todas as atividades de engenharia, o canteiro de obras também precisa seguir normas e regulamentos específicos. Os principais regulamentos para isso são a NR 18 e a NBR 12284 (NB 1367).

A Norma Regulamentadora 18 fala sobre a segurança do trabalho e as condições de saúde no canteiro de obras. Essas regras variam dependendo da quantidade de trabalhadores no projeto.

Além de garantir um ambiente saudável, a NR 18 acaba, consequentemente, falando de produtividade do trabalho.

Além disso, ela também traz muito sobre os direitos do trabalhador, que precisam ser respeitados. Um dos pontos que essa norma traz é a necessidade de ter uma cópia do Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT) no canteiro.

Outra obrigatoriedade é montar a Comissão Interna de Prevenção contra Acidentes (CIPA) para garantir a segurança do trabalho.

Já a NBR 12284 (NB 1367) fala sobre as áreas de vivência em um canteiro. Ou seja, fala especificamente sobre os locais de descanso, as cozinhas (caso sejam necessárias), o ambulatório, entre outros.

Assim, fica claro que, para organizar um canteiro de obras, é preciso muito trabalho. Não basta apenas chegar e levar os materiais e equipamentos para o local. É necessário planejar e organizar todos os passos antes do início da obra.

Isso tudo garante a segurança e o bem-estar de quem está presente naquele trabalho, sejam os colaboradores ou, até mesmo, os engenheiros responsáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *