Os equipamentos essenciais para a sua casa

Você já ouviu falar no equipamento chamado roomba 980? Trata-se de um aspirador de pó robótico que o mercado disponibiliza para ajudar na limpeza com simplicidade e comodidade para a casa. Alguns modelos podem ser controlados por smartphones, além de contar aplicativos gratuitos.

Seu design é em formato arredondado, o que o torna mais compacto. Possui uma escova lateral, na qual empurra o lixo para os dois cilindros centrais. Já o seu depósito fica na parte de trás e seus sensores principais na frente.

O robot cleaner possui a possibilidade de encontrar três controles básicos (físicos) mais a opção de funcionamento que são: programador de horário, seleção de funções menos básicos (reforço da passagem pelos cantos da casa), dar mais boost e duas passagens pelo mesmo espaço.

Este item ainda possui:

  • Mais sensores;
  • Melhor bateria;
  • Poder de aspiração;
  • Programação de linha de limpeza.

Com esses aspectos, o aspirador consegue chegar em todos os espaços e, para que isso seja possível, este possui uma câmera de vídeo com baixa qualidade, mas que ajuda no procedimento de memorização dos locais e objetos do imóvel.

É possível controlar o roomba 980 mesmo a pessoa não estando em casa por meio de uma função de comando de voz. Mas sem o aplicativo será necessário um botão “clean” para ligar o aparelho e outro para iniciar a operação de aspiração.

Sua bateria pode aguentar até duas horas funcionando. Funciona bem perante às escadas, pois passa e ultrapassa quase tudo sem apresentar problema, inclusive, aspira tapetes e é muito eficiente em tirar pelos de animais. Procure um especialista no produto e saiba mais sobre ele.

Descubra o que é monitoramento remoto da casa

Na maioria das lojas especializadas em segurança, o equipamento mais comum e usado para prevenir perdas, assaltos e furtos é o sistema CFTV que é feita com camera sem fio de segurança.

Esse sistema permite o registro de movimentos suspeitos por meio das câmeras que fazem o monitoramento das ações do local, assim, servindo como auxílio na hora de coordenar as algumas atitudes preventivas como, por exemplo, chamar os policiais ou equipes de segurança.

No entanto, o CFTV é um sistema de segurança de monitoramento remoto, no qual assegura outras vantagens importantes. Com este monitoramento, pode-se ter mais tranquilidade quanto aos itens armazenados em casa.

Todas as filmagens são armazenadas fora do local monitorado e são mantidas em um espaço específico. Hoje, pode-se dizer que o sistema oferece mais segurança, evitando assim furtos e roubos, pois os operadores do sistema estarão em outro local para realização da checagem.

Geralmente, as empresas de monitoramento remoto oferecem um serviço de alta qualidade e com constantes supervisões e treinamentos do pessoal.

A última vantagem é que o serviço de monitoramento remoto também oferece um atendimento mais personalizado, o que permite um monitoramento conforme cada perfil apresentado.

Conheça sobre os sensores de iluminação e movimento

O sensor de iluminação ou de presença é um equipamento que ao detectar a presença de pessoas em locais escuros como corredores, por exemplo, aciona luzes, ou seja, é uma tecnologia de detecção. Eles identificam movimentos por meio de uma radiação infravermelha que é acionada por fontes de calor.

Quando qualquer pessoa entra em um local monitorado, o sensor consegue captar a presença, provocando uma variação de energia, assim, ao se aproximar da porta ou de um lugar que haja uma lâmpada articulada a sensores, o calor gerado pelo nosso corpo é interpretado pelo sensor como um tipo de sinal elétrico.

Suas utilizações são em: corredores, escadarias, garagens, jardins e portões. Sua instalação é barata e as vantagens são a redução nos gastos de eletricidade e aumento da segurança.

Já o sensor de movimento é um aparelho que pode ser aplicado em muitos sistemas distintos de detecção. Entretanto, há dois tipos desses sensores:

  • Sensor de movimento – chamado de sensor ativo, que trabalha em pares;
  • Transmissor, que emite ondas de infravermelho ao receptor.

O segundo tipo é denominado de sensor passivo, pois não emite ondas infravermelhas, mas consegue fazer a leitura nas mudanças do infravermelho do ambiente.

Ao ser energizado, faz a leitura do infravermelho, no que retorna do ambiente sem movimento. Em caso de dúvida, consulte um profissional especializado da área e saiba mais sobre o produto.