Os detalhes que você precisa saber sobre o porcelanato

O porcelanato é o revestimento de piso cerâmico mais valorizado, que possui uma série de vantagens quando comparado às outras opções. A principal vantagem é que o porcelanato pode ser aplicado tanto na parte interna quanto na parte externa da casa.

O seu modo de fabricação é único e é um material mais durável e mais resistente. No geral, pensa-se no porcelanato de cor uniforme e superfície muito lisa, que reflete as luzes do ambiente de forma quase espelhada. No entanto, existem muitos Tipos de porcelanato.

Os tipos de porcelanato

Os porcelanatos variam na aparência, na textura, nas propriedades e nas aplicações recomendadas. O resultado é uma grande variedade de produtos, o que é ótimo, mas pode acabar despertando dúvidas como: “Qual o melhor porcelanato para minha casa?”.

Entre as opções existentes mais conhecidos estão:

  • Porcelanato polido;
  • Porcelanato esmaltado;
  • Porcelanato acetinado;
  • Porcelanato natural;
  • Porcelanato struturato;
  • Porcelanato lapado.

Os porcelanatos polidos são muito populares e possuem o aspecto liso tão valorizado. Como podem ser escorregadios, é melhor que sejam utilizados no interior da construção e longe da água. Dentro dessa categoria, é possível identificar dois grupos: o porcelanato bold e o Porcelanato retificado polido.

O retificado é cortado por um disco de diamante, com um acabamento reto e preciso. Já o bold possui bordas arredondadas e precisa de mais espaço entre as peças, sendo mais rústico.

Os porcelanatos esmaltados também fazem muito sucesso, pois podem receber diferentes estampas. A resistência do esmalte é chamada de PEI e varia de acordo com o porcelanato.

Esse tipo de revestimento pode ter diferentes texturas, desde o liso até o áspero. É comum que a estampa imite outro tipo de material, criando uma ilusão. Assim, pode-se aproveitar a estética de outro material com os benefícios do porcelanato. Esse é o caso do Porcelanato de que imita madeira, muito popular no mercado.

A madeira é um material nobre e sua estética é bastante valorizada, mas ela possui algumas desvantagens. Por exemplo, para ser usada em locais úmidos precisa ser tratada e a manutenção é frequente. O porcelanato, por sua vez, não corre riscos de estragar em contato com a umidade.

Para quem não aprecia o aspecto brilhoso, pode ainda optar por usar o porcelanato natural. Com aparência mais fosca, ele deixa o ambiente mais aconchegante.

Já para a área externa, o struturato é o mais recomendado. Pode ser usado na área da piscina, pois não é escorregadio.

Detalhes sobre esse piso

Antes de realizar a compra, é preciso saber Como limpar porcelanato. Afinal, é uma atividade diária que pode ser simples ou ocupar muito tempo.

Muitos pisos exigem produtos especiais ou podem manchar e se danificar com a lavagem inadequada. Felizmente, a limpeza do porcelanato é simples. Basta um pano macio úmido com detergente neutro para um ótimo resultado.

Para aqueles que querem manter o piso em perfeito estado por mais tempo, existem alguns cuidados de limpeza que podem ser tomados.

É preciso varrer a casa utilizando uma vassoura de pelos ou aspirador com escova, em prol de evitar arranhões. Ao final da lavagem, pode-se utilizar um pano seco com álcool para finalizar, isso evitará manchas.

Outra preocupação comum na hora de escolher o piso é sua instalação. A Colocação de porcelanato é diferente da colocação de azulejos de cerâmica, inclusive exigindo outra massa de cola.

Assim, o primeiro passo é preparar a superfície para o piso, limpando-a e se certificando de que ela está nivelada. É importante que a superfície esteja seca e sem nenhum óleo, qualquer relevo deve ser eliminado.

Existe uma argamassa para porcelanato para o ambiente interno e outra para o externo, certifique-se de usar o correto.  A espessura da argamassa fica em torno de 5 milímetros para uma boa aplicação e deve ser feita com o lado liso da desempenadeira.

Depois disso, é preciso fazer sulcos por toda a camada de argamassa. Um cuidado especial que deve ser tomado é colocar um pouco de argamassa na peça antes de fixar ao chão.

Assim como acontece com a Colocação de cerâmica, depois do assentamento devem ser aplicados rejuntes. O passo final, depois de esperar o período para secagem, é limpar todo o piso e fazer os acabamentos finais.

Em conclusão, o porcelanato é uma ótima opção de revestimento de piso e pode atender aos mais diversos gostos, chegando a imitar outros materiais. Com aplicação fácil e uma grande durabilidade, ele apresenta um custo-benefício atrativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *