Mobilidade em canteiro de obras deve ser planejada

Os projetos imobiliários crescem conforme o desenvolvimento das obras nas cidades. Por todo o território nacional há construtoras e incorporadoras aproveitando os programas habitacionais do setor público e oferecendo imóveis dos mais variados padrões para a população.

As categorias estruturais variam entre casas, sobrados e apartamentos, assim como as regiões atendidas. Vale destacar que, outros setores também são atendidos, como empreendimentos comerciais e galpões industriais.

Para atender o crescimento na área da construção civil, as construtoras e incorporadoras estão desenvolvendo projetos que repensam a mobilidade dentro do canteiro de obras.

São aplicadas técnicas que agilizam os processos de trabalho, facilitando o acesso a materiais e ferramentas, assim como a disposição de profissionais capacitados em áreas específicas.

A ideia principal é criar rotas de acesso, com o uso de veículos apropriados para as áreas internas e externas da construção em desenvolvimento.

Assim, a segurança é reforçada, a organização do canteiro de obras facilita a entrada e saída de veículos, além de outras tarefas realizadas constantemente.

Parcerias comerciais permitem acesso direto

A disponibilidade de mão de obra capacitada é um fator que ajuda na criação de empreendimentos imobiliários que atendem todas as parcelas da população. O êxodo urbano não para de crescer, e as pessoas precisam de um teto para morar.

As empresas que atuam no setor da construção civil precisam formalizar parcerias empresariais e comerciais com diferentes fornecedores, pois assim criam um vínculo de negócios que facilita a compra de materiais diversos.

Na questão de mobilidade de carga dentro do canteiro de obras, uma empresa de empilhadeira elétrica pode fornecer veículos que fazem o transporte em áreas externas e internas, de acordo com o tipo de construção que está sendo erguida.

Essa parceria também pode se estender a depósitos de materiais de construção, paisagistas e jardineiros, marceneiros, serralheiros e outros profissionais que atuam no setor de empreendimentos imobiliários.

Investimento baixo para agilizar projeto

Os custos sempre são um ponto de discussão que podem implicar em mais ou menos investimento em áreas públicas disponíveis para a expansão territorial de um município.

Quando se trata de disponibilidade de veículos para a mobilidade interna do canteiro de obra, muitas construtoras e incorporadoras aliam forças nas parcerias corporativas.

Dessa forma, a locação de empilhadeira se torna uma vantagem em diversos sentidos, como:

  • Veículos apropriados para tarefas;
  • Agilidade no processo de trabalho;
  • Eficiência de operadores treinados;
  • Reforço de segurança laboral.

Determinados projetos imobiliários podem ser construídos em forma de condomínio, diminuindo ainda mais os custos com plantas, pois elas se repetem continuamente.

Assim, os profissionais se utilizam de mão de obra especializada, com materiais da construção civil em todas as estruturas imobiliárias.

O aluguel de empilhadeira tem um custo baixo, e possui a principal função de transportar os materiais conforme a disponibilidade de espaço e a organização no momento da construção.

O galpão para acomodar areia, cimento, cal, pedra, entre outros aparatos, como ferramentas e maquinários, deve ser acessível e permitir a entrada e a saída desse modelo de veículo.

Mobilidade interna requer veículo apropriado

Com o avançar das obras, é possível que o uso de empilhadeira fique impossibilitado, restando aos trabalhadores utilizar meios de transporte mais acessíveis.

Na realidade, os trabalhos que ocorrem dentro de imóveis dependem de materiais pesados, como pisos e azulejos, que podem ser transportados a partir da locação de paleteira.

Esse modelo de transportador não requer conhecimento técnico avançado. É necessário observar alguns pontos, para garantir a saúde e o bem-estar físico dos trabalhadores que atuam no canteiro de obra.

Entre eles, o número máximo de carga que pode ser carregada, e a forma como deve ser conduzida durante o percurso. As empresas que trabalham no setor de locação de transpalete manual podem apresentar as normas que devem ser seguidas, garantindo a aplicação dentro do canteiro de obras e a agilidade nos processos de trabalho.

Máquinas e ferramentas exigem cuidados diários

As empilhadeiras e paleteiras precisam passar por uma manutenção constante, como verificar os pneus. Com isso é possível ter maior aproveitamento desses veículos em toda a plenitude, facilitando a carga e a descarga de materiais pesados ao longo do processo de edificação do imóvel.

A manutenção de equipamentos para construção civil atende outros instrumentos, como esmerilhadeiras, furadeiras, parafusadeiras, marteletes, que devem estar sempre a postos para uso quando necessário.

O segmento da construção civil está em franco crescimento e as metas de atendimento à população não possuem limites. Os projetos devem acompanhar as novas tecnologias e necessidades em oferecer imóveis seguros e confortáveis para a população, independente da renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *