Mini jardim e churrasqueira para a sua casa

Devido à escassez de terrenos disponíveis para novos projetos, as incorporadoras têm investido em lançamentos imobiliários com unidades cada vez menores. Por mais que algumas pessoas vejam as metragens reduzidas como algo mais prático, essa característica também traz um desafio: é fundamental decorar o espaço de maneira estratégica.

A boa notícia é que isso está longe de ser um fator limitador para deixar seu imóvel como você sempre sonhou.

Na verdade, isso pode até ser benéfico, já que a limitação tende a aguçar a criatividade das pessoas, fazendo com que elas invistam em elementos decorativos diferenciados, que têm o papel de dar sensação de amplitude, e em móveis multifuncionais, que economizam espaço.

No caso de áreas externas, isso também é válido: Por menor que seja o seu jardim, ele ainda pode assumir uma série de funções, inclusive se transformar em uma área de churrasqueira.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas dicas para transformar esse espaço e aproveitá-lo muito melhor.

  1. Comece pelo orçamento

Tudo, desde uma chapa para churrasco até louças e talheres, tem um custo. Devido à ampla variedade de produtos disponíveis no mercado atualmente, é fácil deixar-se levar e, consequentemente, gastar muito mais do que foi planejado.

A boa notícia é que isso é algo relativamente simples de se evitar. Para isso basta começar a reforma com a fixação de um orçamento, ou seja, de um valor máximo que pode ser gasto.

Deste modo, todas as decisões tomadas ao longo da execução do projeto serão definidas com base naquilo que poderá ser investido nele.

Vale ressaltar que, além de fixar uma quantia, é fundamental reservar uma parte do valor para imprevistos, já que as chances de que eles aconteçam são altas.

Por exemplo: Por mais que o tapete de grama preço esteja conforme o orçamento, pode ser preciso contar com mais, seja devido a erros na mensuração da área ou em sua aplicação.

  1. Conte com uma churrasqueira adequada para o espaço

Por mais que boa parte das pessoas sonhe em ter uma churrasqueira tradicional, embutida na parede do imóvel, isso nem sempre é possível, seja por questões estruturais, de espaço ou mesmo pelo custo envolvido em sua construção. Deste modo, é preciso considerar as alternativas.

A boa notícia é que há uma série de tipos de churrasqueiras disponíveis no mercado, o que, por sua vez, permite que você escolha a que melhor se adapta ao seu espaço.

Para se ter uma ideia, em caso de uma varanda pequena ou mesmo de uma cozinha fechada, há a possibilidade de usar uma churrasqueira elétrica para espetinho.

Como ela se alimenta de energia elétrica, não é preciso usar carvão e, consequentemente, o aparato pode ser usado até mesmo em espaços fechados.

Do mesmo modo, pode ser que o seu imóvel seja diferente e, assim, disponha de um bom espaço para implantar esse item – bem como estruturas auxiliares, como pias, bancadas para cozinha e armários.

Se for esse o caso, é possível procurar uma fábrica de churrasqueira que faça um projeto diferenciado e exclusivo para a sua casa, conforme o tipo de modelo que você preferir. Assim, a estrutura será muito melhor aproveitada.

  1. Invista em um bom revestimento para o chão

Em uma área de churrasqueiras, os revestimentos são submetidos a dois fatores que, em alguns casos, podem lhes causar sérios danos: o calor e a gordura.

Por conta disso, ao escolher materiais tanto para as paredes quanto para o piso, é fundamental levar isso em consideração. Entre os revestimentos mais indicados, estão:

  • Porcelanato;

  • PVC;

  • Cimento queimado;

  • Granito.

Além disso, se a churrasqueira for instalada em um local aberto, como um jardim, é possível dispensar o pis.

Nesse caso, basta procurar uma empresa que trabalhe com a venda de grama esmeralda, já que a vegetação suporta bem tanto o calor quando a gordura presentes no local.

  1. Não se esqueça do paisagismo

Por fim, é preciso considerar que, para que o ambiente seja bem aproveitado, é preciso que a decoração seja adequada.

Apesar de algumas pessoas verem esse elemento como algo supérfluo, ele tem muita influência sobre o conforto ambiental do local e, consequentemente, o aproveitamento dele.

Felizmente, há diversos recursos que podem ser usados com esse objetivo. Descobrir pedras para jardim onde comprar, por exemplo, é muito fácil, bem como itens de iluminação. Isso porque tais itens estão disponíveis em boa parte dos estabelecimentos que vendem itens para casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *