Equipamentos com alto índice de locação

A área da construção civil é uma das áreas nas quais mais se realiza o aluguel de equipamentos. Isso acontece por uma série de motivos, mas sobretudo porque a necessidade de equipamentos muda muito ao longo de uma obra.

Isto é, existem ferramentas indispensáveis no começo de uma obra, mas que não serão necessárias no meio e fim. Assim, muitos empresários não veem porquê investir nesses equipamentos, que ficarão parados grande parte do tempo.

Outras vantagens que vêm com a locação são:

  • Não precisa se preocupar com armazenagem;
  • Sempre se trabalha com tecnologias recentes;
  • Não precisa se preocupar com manutenção;
  • Não sofre com a desvalorização do equipamento;
  • Pagamento apenas pelos dias de uso;
  • Fácil substituição de peças defeituosas.

Tendo isso em vista, este artigo fala sobre os principais equipamentos alugados em situações de construção e reforma. O objetivo é sempre gerar uma obra mais produtiva e eficiente, garantindo que o material usado é o correto para aquela aplicação.

Equipamentos de transporte de carga

A empilhadeira é conhecida por seu uso em armazéns. As pessoas associam essa máquina aos trabalhos de logística, porque elas são perfeitas para empilhar e organizar caixas de estoque. No entanto, elas também são muito úteis no canteiro de obras e podem agilizar a construção.

As empilhadeiras podem ser usadas para transportar os chamados big bags, por exemplo. Um big bag é um saco de grande porte, feito para materiais pesados e muito resistente. Embora ele possua uma alça própria para a movimentação, o processo de transportar dentro do canteiro de obras acaba sendo cansativo e demorado. Ao utilizar uma empilhadeira, consegue-se uma movimentação simples, rápida e confortável.

Da mesma forma, uma empilhadeira pode transportar blocos de concreto, tijolos, telhas e muitos outros itens. O único detalhe a ser considerado é se certificar de que esses produtos estão sendo postos sobre paletes.

Existem diversos tipos de empilhadeira disponíveis no mercado. Um deles é a empilhadeira retrátil, voltada para ambientes menores e mais estreitos. Essas empilhadeiras contam com três rodas e são elétricas. Outro tipo, mais comum nas construções, é a empilhadeira a gás ou a diesel.

A vantagem dessas é que, não sendo elétricas, podem trabalhar na área externa em dias de chuva.

Mais um equipamento para transporte de carga comum nesse ramo é o guindaste.

Antigamente, eles eram chamados de guincho, mas esse termo acabou se popularizando tanto no ramo automobilístico que passou a se usar o termo guindaste.

Basicamente, é um veículo industrial com uma garra acoplada à sua traseira. A sua função é içar e transporte cargas pesadas, como vigas, colunas de concreto e outros elementos.

Ainda é possível citar como comum a locação carreta prancha.

Feitas para transportar estacas do tipo prancha, existe um momento na maior parte das construções em que elas são indispensáveis: o momento de fazer a fundação.

Para que serve a estaca prancha?

Esse equipamento industrial é utilizado para fazer a contenção vertical no solo, isolando uma área para que a construção da fundação seja feita.

Elas são impermeáveis e devem ser cravadas no solo. Também chamada de cortina, a estaca prancha metálica não pode ser aplicada em qualquer situação.

Solos muito duros não são perfurados por ela, a operação envolve muito ruído e pode incomodar prédios próximos e o grande impacto é capaz de prejudicar construções vizinhas.

A maior parte desses perfis metálicos são colocados provisoriamente e retirados depois que as operações desejadas foram feitas.

Pensando nisso, existem estacas com furos na parte superior. Esses furos servem para a máquina de içamento se encaixam e puxar o material para cima.

Vale lembrar que, embora o metal seja o material mais comum, elas também podem ser feitas de PRFV (Polímero Reforçado com Fibra de Vidro, popularmente chamado de fibra de vidro).

O plástico também é resistente, leve e impermeável. Ainda assim, o seu uso é menos comum no ramo.

Por fim, conclui-se que o aluguel de equipamentos para obras de construção e de reforma traz benefícios.

O segredo é agir com sabedoria, comprando os equipamentos de maior uso e alugando aqueles que são mais onerosos, apresentam muito desgaste ou só são necessários em uma das fases.

Investir em máquinas que acelerem e facilitem processos também é um conselho valioso, resultando em maior rapidez e qualidade nos serviços, como mostrou o exemplo das empilhadeiras.