Dicas que você precisa conhecer para manter a fachada da sua loja incrível

Aquele velho ditado que diz que “a primeira impressão é a que fica” não surgiu do nada, então, não poderia fazer mais sentido quando se trata de fachada de loja. Por isso é importante realizar a compra de acessórios, como a cobertura de aluminio e vidro, para tornar o design muito mais interessante!

O cliente entra em contato com a loja por meio do exterior, sendo este o cartão de visita que fará com os olhos brilhem, suscitando na clientela a vontade de entrar no estabelecimento, até mesmo por um ato de curiosidade.

Se a fachada é elegante, demonstra que dentro do ambiente tem produtos elegantes; se é legal e descolada, a mensagem é que produtos diferentes não faltarão por ali.

Por isso uma fachada de loja não pode se resumir em um letreiro com o nome e uma cor chamativa. É necessário focar em atrair a atenção de todos que por ali passam, fazendo uma decoração harmônica com o conceito da loja e, automaticamente, um ponto de credibilidade já é debitado em favor do comércio.

O carinho e tempo investido voltam em forma de sucesso, aumentam o público consumidor e ainda o lucro da empresa avança de maneira exorbitante. Tudo isso, acompanhado do bom atendimento e produtos de qualidade, é o segredo de qualquer negócio duradouro.

Conheça os materiais necessários para uma fachada de sucesso

No caso do design, é aconselhável que seja feito por um especialista, pois ele saberá exatamente como colocar suas ideias no papel, dando personalidade ao estabelecimento.

Existem inúmeras opções de materiais para serem usados na elaboração deste cartão de visitas, como por exemplo:

  • Toldo para fachada de loja: disponíveis em vários formatos, como por exemplo: redondos, retos, curvos, cortina rolo, retrátil, etc. Com cores e detalhes estéticos personalizados, pode ser uma solução perfeita para controlar a incidência solar e mudanças climáticas, proporcionando conforto térmico;
  • Placa de bronze: este oferece à entrada da loja um ar meio europeu, um tanto sóbrio, mas também elegante. É um ótimo investimento devido seu custo e durabilidade;
    cobertura de alumínio e vidro: elegantes e desenvolvidas para favorecer a entrada de luz natural, deixam o ambiente mais agradável e iluminado;
  • Acrílico: ótimo pela sua flexibilidade, esta fachada permite o uso de diversas cores, fontes e imagens diferenciadas, o letreiro pode ser pintado ou em alto relevo;
  • Galvanizado: material muito resistente e, se comparado com o aço e alumínio, oferece uma vantagem muito maior, isso porque pode receber a cor que o dono do local julgar melhor para o seu negócio. A sacada é usar uma placa de sustentação em cor neutra e o letreiro colorido para chamar atenção;
  • Portão automático preço acessível com ótima relação de custo e benefício: ideais para locais que necessitem de rapidez e agilidade quanto ao fluxo de veículos, além disso ele é indicado para agregar segurança e conforto;
  • Cobertura de policarbonato: é um plástico de engenharia mais leve que o vidro, pode ser curvado e tem proteção contra raios ultravioletas. É própria para projetos que visam o aproveitamento da iluminação natural e também é uma ótima opção para cortar custos. É resistente a impactos, ideal para arquitetura por ser disponível em chapas ou telhas;
  • Telha transparente: este tipo de telha é ótimo para permitir a entrada da iluminação natural ao ambiente, podendo dar até 90% de aproveitamento da luz. Ela confere um ar moderno à fachada, sendo muito usadas em passarelas e coberturas de shopping centers. Disponível em três versões: ondulada, americana e romana.

Dicas para criar uma boa fachada de loja

Como mencionado anteriormente, para um design ser certeiro, a contratação de um profissional especializado em layout de lojas é o primeiro passo, pois ele ajudará a escolher o melhor material e as opções de cores certeiras para atingir seu público alvo.

A função dele é estudar a identidade da loja e compor a fachada de acordo com o produto oferecido.

É comprovado, apenas 2,8 segundos é o tempo que uma pessoa decide se gostou do que viu ou não. Exatamente isso, a leitura é rápida e a decisão também. Por isso a mensagem deve ser simples.

Assim como a fachada, a vitrine não deve causar uma poluição visual para o cliente. Não exagere no que quer mostrar, escolha as peças chaves de seu negócio, aquelas que realmente identificam o porquê você é a melhor opção e disponha de maneira leve.

Isso, sem dúvida, causará uma ótima primeira impressão e mesmo que o cliente não tenha saído com a intenção de comprar, ele pensará duas vezes se realmente não está precisando de algo novo.