Design de interiores: o que saber antes de contratar o serviço

Uma decoração bem planejada faz muito mais do que agradar os olhos.

Ela pode impactar positivamente a saúde mental (em escritórios, por exemplo, isso pode aumentar a produtividade da equipe) ou a física (o uso de plantas no projeto purifica o ar e refresca o local). Isto, boa parte das pessoas sabe.

O que nem todos sabem é que elaborar um bom projeto decorativo é algo muito complexo, que envolve fatores de conforto térmico, acústico, psicologia das cores e o bom aproveitamento do espaço.

Por conta disso, há um profissional qualificado justamente para elaborá-lo: o da área de design de interiores. Neste post, você aprende mais sobre ele e as vantagens de contratá-lo.

O que faz o designer de interiores?

A grosso modo, o designer de interiores tem como papel promover uma melhor interação das pessoas com seus lares ou espaços de trabalho.

Isso é feito por meio de fatores como a escolha dos móveis, dos melhores revestimentos para chão e paredes, a paleta de cores do ambiente, entre outros.

Isso significa que, na prática, ele oferece serviços de consultoria a seus clientes. É comum que ele os acompanhe na hora de:

  • Definir as tintas das paredes;
  • Escolher qual será o piso de cada ambiente;
  • Aquisição da mobília;
  • Escolha do tecido de sofás e almofadas.

Além disso, ele também ouve as necessidades do cliente, cruza-as com as características do ambiente e, em seguida, monta um briefing.

Trata-se de uma espécie de pré-projeto, no qual o profissional sugere como satisfazer as necessidades de quem circula pelo local com as características do cômodo.

Design X Arquitetura de interiores

Na hora de fazer projetos de casas ou apartamentos, muitas pessoas ficam em dúvida entre contratar um arquiteto ou um designer e interiores. Há, ainda, quem pense que ambos os profissionais têm as mesmas responsabilidades.

Contudo, este não é o caso. Em primeiro lugar, o designer nem sempre é formado em arquitetura: ele pode fazer um curso técnico ou profissionalizante.

Por conta disso, ele não tem autoridade para fazer mudanças na estrutura do imóvel, tais como remover paredes e colunas.

Já o arquiteto, graduado em Arquitetura e Urbanismo, é apto para fazer tais alterações estruturais.

Todavia, além da graduação, ele também pode ter se especializado na área de decoração. É importante ter isso em consideração antes de decidir qual profissional contratar.

Quais as vantagens deste serviço?

O designer de interiores de casas e escritórios tem muito a oferecer a seus clientes. Isto porque, ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, ele faz muito mais do que simplesmente pregar quadros na parede ou criar uma paleta de cores.

Confira alguma das vantagens da contratação deste profissional:

Melhor aproveitamento do espaço

As metragens dos novos lançamentos imobiliários está cada vez menor. De fato, os imóveis com cômodos grandes ficaram para trás.

Isso significa que os proprietários têm que ser cada vez mais estratégicos na hora de elaborar o projeto decorativo destes locais.

Eles também podem contar com um design de interiores apartamento pequeno, que dará algumas sugestões como:

  • Usar cores claras, que deixam o ambiente mais amplo;
  • Colocar espelhos em locais estratégicos;
  • Não exagerar nos móveis de grande porte;
  • Fazer um bom projeto de iluminação.

Além disso, o profissional poderá ajudar a elaborar móveis planejados, pensados especificamente para o local. Desta forma, cada centímetro será valorizado.

Valorização das características do imóvel

Não existe imóvel perfeito: todos eles têm características boas e ruins, seja a localização, o ruído das vias próximas, a posição em relação ao sol ou o tamanho dos cômodos.

Por mais que algumas delas não possam ser sanadas, algumas o são – e por meio do projeto decorativo.

Por exemplo, caso um imóvel tenha muita luz natural, é interessante decorá-lo em tons claros, pois os escuros tendem a absorver a luz, desperdiçando-a. Um designer é qualificado para lidar com situações assim.

Decoração profissional para o seu negócio

Não são apenas casas que precisam de projetos decorativos bem elaborados: estabelecimentos comerciais também.

O objetivo, porém, é diferente: atrair clientes, facilitar a rotina de trabalho da equipe e passar uma imagem profissional a parceiros de negócios.

Portanto, é interessante contratar um profissional de design de interiores lojas comerciais. Ele saberá interpretar a mensagem e o propósito do seu negócio, traduzindo-o nos elementos decorativos presentes no local.