Componentes presentes em reformas e construções

As reformas e construções são muito importantes para o bom desenvolvimento dos comércios e também de garantir habitação para as pessoas, bem como a construção de infraestruturas para cidades e Estados.

No entanto, para que essas reformas sejam feitas é preciso conhecer as ferramentas e metodologias que estão dentro desse setor, como a pintura predial externa, colocação de grades, remodelação de cômodos, entre muitos outros componentes.

Conhecer esses tópicos te ajudará e muito na organização da reforma, neste sentido, no presente artigo abordaremos sobre dicas de como organizar as reformas, bem como elementos que entram no aspecto da reforma.

As pinturas externas prediais

Um prédio é uma edificação muito importante e a sua parte externa diz muito quando ao que ele representa, e não é a toa que dentro dos processos de restauração de fachadas são usados os processos de pintura predial externa.

Isso porque um prédio bem pintado e bem apresentado chama a atenção do público para conhecer a parte interna, o que é de grande valia para comércios e até mesmo condomínios residenciais para quem está querendo comprar um apartamento.

Assim, muitos elementos fazem parte da estrutura do prédio de forma externa, que vão desde o uso do gradil de ferro até as pinturas, sendo essa última uma das mais importantes.

As pinturas externas podem ocorrer de duas formas, ou a mudança completa de toda a cor do prédio ou o reparo da pintura.

Para isso, geralmente, é feito uma assembleia para ser decidido. As pinturas devem ser feitos por profissionais qualificados, que estão alocados em empresas de pinturas.

Dicas para organizar reformas

Para que a pintura predial externa seja feita e outros procedimentos da reforma seja executada é necessário sempre o planejamento e a organização, principalmente, porque as reformas atuam dentro de uma estrutura que já está pronta.

Assim, é preciso identificar o que será feito na reforma como gradil de ferro perfilado tipo parque, redução ou ampliação de cômodos e se haverá conserto de estrutura. Com tudo isso em mente é possível organizar a reforma.

No tópico abaixo falaremos de dicas de como organizar as reformas da melhor maneira possível.

1. Planeje bem

Um dos primeiros pontos é a organização da reforma, esse planejamento é feito levando em consideração muitos aspectos como:

  • Tempo;
  • Organização;
  • Orçamento;
  • Material;
  • Objetivo.

Assim, a partir do objetivo definido é necessário criar uma planilha com tudo o que será feito, bem como os materiais que serão necessários, em seguida, é preciso definir o tempo que a reforma durará.

Depois é feito a cotação entre os fornecedores e a mão de obra que será utilizada, para em seguida fazer o cronograma de obra, que indica o tempo que cada etapa durará, como o levantamento planialtimétrico, construção, entre outros.

2. Cronograma de obras

O segundo ponto é fazer o cronograma de obras, e este leva em consideração o tempo estimado da construção.

Cada etapa nesse planejamento terá datas para a finalização, com alguns dias em extra para imprevistos, que podem acontecer no decorrer das alterações, principalmente, para correção de danos que estavam escondidos.

Para a organização do cronogramas de obras indica-se primeiro a questão das análises da casa ou do terreno que será reformado ou construído e que incluem estudos de topografia para usucapião entre outros, em seguida, são feitos os reparos estruturais que incluem troca de fiação, de encanamentos, demolição e construção de paredes.

Por fim, a colocação de revestimento, de pintura, disposição dos móveis e dos elementos decorativos e por fim a limpeza.

3. Questões burocráticas

E para que a reforma ou construção seja eficiente é preciso que ela seja legalizada, ou seja, precisa de licença para começar, pois, toda a obra é regida pelo Plano Diretor, principalmente, em grandes e médias cidades.

A licença da prefeitura é fundamental para reformas que mexem de uma maneira ou de outra com a estrutura da casa ou modificações maiores, no caso de troca de acabamentos, revestimentos não há a necessidade de autorização da prefeitura.

Para saber os procedimentos é necessário ir até a Secretaria de Obras da Prefeitura do seu município e verificar as autorizações e procedimentos necessários para que a obra não seja embargada.

Neste sentido, entendemos que as construções e reformas passam por muitas etapas e que todas elas são fundamentais para um projeto bem executado e eficiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *