Você já parou para pensar na importância do elevador para deficientes físicos?

Atualmente um dos conceitos mais importantes a serem trabalhados em uma construção comercial ou industrial de pequeno, médio ou grande porte pode ser representado pela acessibilidade.

E, embora o termo seja complexo e inclua ações práticas a serem protagonizadas no dia a dia, grande parte de suas definições passam pela presença dos elevadores para acessibilidade.

Aliás, somente a plataforma elevatória acessibilidade é capaz de oferecer o conforto ideal para que as pessoas com qualquer tipo de deficiência física sintam-se devidamente à vontade em qualquer ambiente desse tipo.

Para que as empresas que comercializam este equipamento disponham de praticidade, no entanto, é mais do que necessário compreender que algumas normas legais, de fato, necessitam ser cumpridas.

Principalmente no que diz respeito às medidas de dimensão e demais materiais que compõem a peça, esta ordem é essencial para que o elevador seja instalado com correção e não necessite, com o passar dos anos, de grandes manutenções.

A mesma regra vale para as superfícies planas e para as mesmas que possuem qualquer espécie de desnível em suas estruturas.

Em primeiro lugar – e caso você pense em instalar um dispositivo desse tipo em sua residência, comércio ou indústria – é necessário entender que, sem qualquer sombra de dúvidas, o produto é diferenciado, sim, dos elevadores convencionais.

A primeira e mais destacada distinção, inclusive, fica a cargo de que o primeiro elemento costumeiramente necessita de uma maior necessidade de espaço para ser instalado.

O segundo, no entanto, não precisa de tamanha dimensão para entrar em uso. Quando dos acabamentos das peças, a diferenciação também existe.

Com relação às necessidades de manutenção prestadas no dispositivo ao longo dos anos, o processo que inclui reparo e inspeção é mais do que recomendado ao mesmo passo em que a peça deve permanecer em perfeita condição de uso ao longo de todo o tempo de sua aplicação.

Isto é, por mais que o elevador para deficientes físicos não seja exponencialmente utilizado em todos os dias ou semanas, suas estruturas devem permanecer em ordem e devidamente intactas para que, caso o dispositivo necessite ser utilizado, o mesmo se encontre perfeitamente à disposição.

Sendo assim listamos agora alguns termos e aplicações de destaque a respeito do uso desse tipo de elevador.

Confira qual deles melhor se encaixa em sua demanda e, o quanto antes, adquira a sua peça. Veja:

  • Elevadores para deficientes;
  • Peça para elevadores;
  • Elevador para acessibilidade;
  • Elevador para cadeirante preço.

Os elevadores para deficientes devem ser completos e espaçosos

Completo e espaçoso são apenas duas das primeiras características de maior destaque a marcar presença nas estruturas de um elevador para deficiente.

Por se tratar de um objeto que, principalmente a longo prazo, oferece um excelente custo-benefício aos usuários que o aplicam, esse tipo de elevador pode suportar até 200 kg de uma única vez que, ainda assim, suas melhores propriedades são mantidas de maneira integral.

Isto é, até duas pessoas podem, eventualmente, acompanhar o cadeirante neste modelo de transporte.

Se não bastasse, também é possível que o elevador para deficiente dimensões tenha utilização trifásica – isto é, funcionar sob os sistemas de tensão 220 ou 380 V.

Tecnicamente, também é indicado que os dispositivos sejam colocados em pisos abertos localizados no pavimento superior do espaço.

Uma vez existindo uma parede plana de alvenaria para a fixação do trilho guia, a implementação do produto é completa e pode ser acoplada de parafusos e demais buchas convencionais.

O guarda corpo é destaque entre as peças de elevadores

Dentre todas as peças para elevadores disponíveis no mercado atual, o guarda corpo é a de maior destaque.

Principalmente em se tratando dos elevadores utilizados pelos deficientes físicos, esta estrutura é fundamental para que o suporte mais otimizado por parte dos usuários seja completo.

Além disso, a estrutura pode ser formada por algum metal pesado, fazendo com que a durabilidade do equipamento seja altamente trabalhada – no melhor dos sentidos – ao longo do tempo.

O elevador de acessibilidade também pode ser instalado em universidades

Diversos são os ambientes que podem – devem, em alguns casos – contar com a instalação do elevador acessibilidade.

Um dos principais deles fica por conta das universidades, que, por sua vez, precisam garantir a melhor mobilidade possível para este importante público que as visita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *