Conhecendo o serviço de um pedreiro

Os profissionais que trabalham na construção civil devem contar com uma série de aparatos importantes para que todos os procedimentos do canteiro possam ser executados com qualidade, precisão e segurança.

Dessa forma, é importante conhecer um pouco mais sobre os itens empregados no setor e entender os benefícios fornecidos por cada um deles, de modo a otimizar a produtividade no canteiro e gerar níveis de proteção e qualidade mais elevados.

No artigo a seguir, fique por dentro desses itens, de algumas de suas características principais e também das variedades disponíveis no mercado da construção civil.

Materiais básicos

O uso de pedra e areia no canteiro de obras é praticamente obrigatório, ainda mais quando estamos falando de alvenaria e de procedimentos que devem contar com o máximo de desempenho em sustentação.

Isso porque a simples combinação desses materiais, ou mesmo com outro adicionais, é o que dá origem a diversos componentes estruturais.

Para tornar o trabalho no canteiro mais prático, é importante contar com materiais que possam ser utilizados a qualquer momento e com armazenagem nos devidos espaços, protegidos contra as intempéries do clima como as chuvas e os ventos mais fortes.

No caso de reformas, vale a pena utilizar a Areia ensacada, que separam o material de acordo com os seus diferentes tamanhos e pode ser mais prática e funcional do que adquirir grande quantidades de uma só vez.

Existem diferentes tipos de areia, no entanto, e é fundamental conhecer mais sobre cada um deles e consultar sempre profissionais com experiência na construção civil para a indicação do melhor a ser empregado em seu projeto.

Alguns dos principais tipos são a areia fina, que é utilizada para argamassa de assentamentos e também para serviços de contrapiso e impermeabilização.

Já a areia média é utilizada para vedações estruturais e chapiscos rolados. Por fim, a areia grossa é empregada na confecção do chapisco convencional.

A pedra brita, que é também muito encontrada nos canteiros para a viabilização dos mais variados procedimentos internos, também pode variar de acordo com o seu tamanho.

Para a classificação são considerados pedrisco aquele tipo menor, com classificação no número 0 (zero). É possível contar também com pedras maiores, de classificação 1 (um) e com versões nas cor branca, ideal para paisagismos.

Pedrisco preço m3 pode variar de acordo com a quantidade desejada, a qualidade do material, entre outros aspectos.

Por isso, é sempre importante buscar não apenas por fornecedores de confiança e boa reputação no mercado, como também pela melhor relação custo-benefício.

Assim, verificar qual é o que proporcionar um material durável e resistente, com todas as suas características preservadas, sem que isso custe mais caro para o seu bolso.

Outro material que faz parte desse contexto e que conhecemos muito pela utilização nas edificações em geral é o cimento.

Ele também deve ser adquirido junto a fornecedores capazes de garantir a qualidade e evitar transtornos que possam prejudicar o cronograma da construção e até mesmo a qualidade dos resultados finais.

Ripas

As ripas são como colunas que são instaladas logo nas primeiras etapas do processo construtivo. Isso porque a definição da cobertura é uma das partes mais importantes do projeto, de modo que o tipo de telhado já deve estar determinado quando a obra começar a sair do papel.

Isso é fundamental para garantir uma base coerente com o peso que será exercido pelo telhado posteriormente.

A Ripa para telhado, portanto, é indispensável e pode ser feita tanto de madeira quanto de aço. A primeira opção é mais vantajosa no quesito leveza, além de contar com uma seção transversal que faz toda a diferença na distribuição das cargas da cobertura.

É necessário, porém, assim como com todos os materiais mencionados, contar com fornecedores de qualidade, ainda mais quando estamos falando de madeira.

Deste modo, e preferível consultar a origem das peças e certificar-se de que a durabilidade é garantida. Para isso, procure sempre por uma madeireira com bom histórico de atuação no mercado e que possa fornecer a melhor relação custo-benefício.

Telhado

A composição do telhado é uma das últimas etapas da obra quando estamos falando dos serviços externos. Existem diversos tipos de telha que podem ser utilizadas, sendo algumas delas:

  • Telhas de cerâmica;
  • Telhas galvanizadas;
  • Telhas de vidro;
  • Telhas de materiais plásticos.

A chamada telha americana, é de cerâmica e muito comum em residências que buscam conciliar charme e durabilidade. Isso porque esse item  pode fornecer uma série de vantagens para a estética final do projeto.

Vale lembrar que é importante averiguar a coerência com a composição como um todo.

O mais importante, portanto, é justamente se atentar a cada detalhe e garantir que o trabalho dos pedreiros e demais funcionários do canteiro de obras possa ser otimizado a partir do uso de materiais eficientes e seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *