Conheça os diversos tipos de coberturas

As coberturas, por definição, consistem em tudo que servem para cobrir, um revestimento ou invólucro. Elas podem ser feitas de vários tipos de materiais e usadas para diversas finalidades.

Quando vamos a praia, muitas famílias levam coberturas de tamanhos variados para se protegerem do Sol, elas estão o tempo todo sobre as nossas cabeças, nos protegendo das intempéries de maneira estética e prática.

As telas de aço, ou malha pop como são popularmente conhecidas, são feitas a partir da amarração de diversos vergalhões de mesma espessura.

Essas telas são usadas nas construções que trabalham com lajes, pisos e outros setores, que suportem quantias superiores de peso.

Ou que mantenham a forma constante mesmo em estado de suspensão. A laje de uma construção ou o espaço do mezanino, é um tipo de cobertura que utiliza essa tela.

Opções e aplicações de coberturas

O tipo mais comum de cobertura utilizada no Brasil é a de cerâmica. No processo de construção desse tipo de telhado, é utilizada a estrutura de metal para telhado.

Em junção a uma manta térmica dupla face, entre o forro e o acabamento, que ajuda a manter a temperatura do ambiente e proteger contra goteiras e infiltrações.

Além disso, inibe a presença de fungos, insetos e roedores, protege as telhas, mantendo elas sempre secas, além de ser feita de um material não inflamável, o que evita a propagação de chamas.

Por ter os dois lados metalizados, obtendo ação térmica em ambos. Muito utilizada em áreas externas, o isolamento feito através de tecidos é uma opção prática e acessível.

O tecido oxford preço e tamanho variado, é muito utilizado em cobertura de objetos que ficam expostos ao tempo, como churrasqueiras ou mesas.

Utilizado como cobertura de áreas externas, ela valoriza a brisa e a temperatura sem deixar de proteger do sol e da chuva. Elas também são usadas em guardas-sol e toldos.

Como escolher o tipo de cobertura para um telhado, trata-se de um questionamento comum, quando o consumidor se depara com as opções disponíveis no mercado.

Atualmente, é possível de se encontrar no mercado uma grande diversidade de materiais, feitos para trabalhos de telhamento de coberturas.

As opções dos usos dependerá de inúmeros requisitos do projeto, o valor será um fator determinante quanto a qualidade do resultado, obrigando a serem levadas diversas determinações.

Ela deve ser impermeável, resistente a impactos, ser leve, durável e proporcionar um bom isolamento térmico e acústico. Veja a seguir alguns tipos de coberturas mais usuais:

  • Chapa de Aço zincado: podem ser confeccionadas em formato ondulado ou trapezoidal, ela pode ser pintada de várias cores e permitem pequenas inclinações;
  • Telhas autoportantes: são feitas com chapas metálicas ou concreto, elas são muito utilizadas em locais onde existe uma grande distância, que varia de dez a trinta metros sem sustentação, onde não existam pontos de apoio. São utilizadas em grandes galpões, hangares e indústrias;
  • Telhas de alumínio: apesar de um pouco mais caras, elas são bem mais leves, feitas em formato trapezoidal ou ondulado são resistentes, duráveis e mantêm o conforto térmico;
  • Coberturas plásticas: feitas em PVC, poliéster, policarbonato ou outros polímeros, elas são translúcidas e algumas oferecem tratamento, que protege contra a incidência de raios UV e infravermelho;
  • Telha cerâmica: comumente utilizadas em construções civis, as mesmas são realizadas em forma francesa, plana romana e irlandesa;
  • Telhas de vidro: tem um formato mais simples, que as de cerâmica e são utilizadas com a finalidade de proporcionar iluminação nas coberturas;
  • Telhas de fibrocimento: são fabricadas com cimento e amianto sob pressão. São leves resistentes e autoportantes, podendo ter até nove metros de comprimento;
  • Telhas de chapas compensadas e aluminizadas: feitas de lâminas de madeira coladas a alta pressão, tem um ótima resistência mecânica, podendo grandes pesos;
  • Telhas de concreto: com perfis variados, podem ser texturizadas e coloridas, através da utilização de um polímero acrílico e são muito resistentes.

As diferentes aplicações de uma cobertura

É necessário conhecer agora quais os tipos de estrutura que podem ser utilizados na construção de uma cobertura.

Existem algumas maneiras de se fazer um telhado. A mais utilizada é a de tipo tesoura, que se utiliza de uma treliça feita com vigas em sua estrutura.

Elas são ligadas umas às outras em suas extremidades e apoiadas na estrutura da edificação, formando superfícies planas, denominadas como águas, onde depois será feita a cobertura.

O tipo mais comum é o tesoura, independente do material a ser utilizado, suas concepções estruturais são determinadas pelo projeto.

Em suas faces, são instaladas as telhas além de utilizar uma manta térmica no forro para garantir o isolamento térmico da estrutura.

As coberturas são essenciais para nos deixar confortáveis e isolados das condições do tempo, nos protegendo do sol e da chuva e mantendo as temperaturas internas de nossos lares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *