7 dicas infalíveis para decorar a casa com pouco dinheiro

Funcionalidade, bem-estar e produtividade. Estes são alguns dos benefícios proporcionados por uma decoração bem projetada em uma casa.

A complexidade de um projeto do tipo é diretamente proporcional à sua importância. Ao definir quais objetos decorativos serão usados em um ambiente, é preciso levar em consideração diversos elementos, tais como:

  • O espaço disponível;
  • A psicologia das cores;
  • A utilidade do ambiente;
  • As preferências pessoais dos frequentadores;
  • O orçamento.

Este último elemento é um dos mais críticos, pois o senso comum ainda considera que uma boa decoração é, necessariamente, cara.

Isso, porém, não é verdade: é perfeitamente possível projetar um ambiente moderno, aconchegante e funcional sem deixar a conta bancária no vermelho. Veja algumas dicas para isso:

1 – Use móveis de pallet

A inspiração rústico/industrial é cada vez mais popular hoje em dia. Trata-se de um estilo decorativo que prega acabamentos mais crus, com materiais como madeira natural e tijolos expostos.

Os móveis de pallet caem como uma luva em projetos do tipo. Simples, mas estilosos, estes itens podem ser comprados em lojas especializadas ou, até mesmo, feitos em casa.

Além disso, é possível pintar ou envernizar a madeira, de modo a proporcionar um acabamento personalizado.

2 – Coloque as mãos à obra

Muitas vezes, o maior gasto com um projeto de decoração é com a mão-de-obra. Nestes casos, colocar as mãos à obra e fazer acontecer por conta própria é a melhor opção.

Há tarefas simples, que podem ser feitas sem maiores problemas, como pintar paredes, aplicar adesivos, pisos vinílicos, etc. Já os entusiastas dos trabalhos manuais podem se aventurar em tarefas mais complexas.

Por exemplo: ao decorar um quarto, é possível confeccionar uma cama de palete em casa, adquirindo a madeira e fazendo a montagem por conta própria.

3 – Invista em adesivos de parede e para móveis

Além de trabalhoso, repintar um ambiente pode ser caro. Isto porque, em alguns casos, pode ser necessário investir em uma preparação da superfície antes de pintá-la.

Uma alternativa mais simples e barata para dar cara nova a uma parede é optar por adesivos. Eles estão disponíveis em diversos designs, e podem ser usados tanto em paredes de alvenaria quanto em superfícies revestidas com azulejos.

Do mesmo modo, estes itens podem ser usados para dar vida nova aos móveis. Um item de pallet de madeira, por exemplo, pode ser customizado com a ajuda de adesivos, ganhando cara nova sem exigir um alto investimento.

4 – Use redes de proteção de modo inteligente

Alguns elementos são tidos como verdadeiros inimigos de uma boa decoração. Apesar disso, é possível trabalhar com eles de modo inteligente para transformá-los em aliados da harmonia do ambiente.

A tela de proteção é um deles. Normalmente usada em escadas e janelas, sua função primordial é prevenir quedas. Para evitar que elas se convertam em vilões, algumas dicas são:

Preferir itens em tons claros, como o bege;
Troque-a periodicamente, para que não prejudique a estética;
Use-a em conjunto com móveis, como prateleiras.

Seguindo essas dicas, não é preciso investir em outros elementos para neutralizar as redes de proteção.

5 – Aproveite os benefícios das plantas

Plantas são itens baratos que combinam com qualquer ambiente e podem ser adquiridos até mesmo em supermercados.

Além disso, elas proporcionam uma série de benefícios às pessoas que frequentam o ambiente. Elas purificam o ar, resfriam o cômodo e podem até mesmo melhorar a produtividade, quando inseridas em um ambiente de trabalho. Portanto, invista sem medo.

6 – Não abra mão da tela mosquiteira

A missão de decorar uma casa com orçamento restrito faz com que o responsável pelo projeto tenha que repensar as necessidades e abrir mão de alguns elementos tidos como secundários, como a tela para mosquito.

Entretanto, esta é uma decisão equivocada, principalmente em imóveis localizados em lugares litorâneos e de clima quente.

Isto porque um dos fatores que indica que um projeto decorativo é bem-sucedido é o conforto ambiental por ele proporcionado; obviamente, ele fica bastante prejudicado quando há insetos voando pelo espaço.

7 – Considere a compra de móveis de segunda mão

Em projetos decorativos de baixo orçamento, o ideal é aproveitar ao máximo os elementos que já estão disponíveis.

Isso significa que a primeira opção deve ser renovar os móveis já existentes antes de comprar novos.

Entretanto, há situações nas quais a substituição é inevitável. Quando isso acontece, é interessante buscar as novas peças em lojas de usados, ou, até mesmo, de antiguidades. Normalmente, os valores são mais em conta que os de itens novos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *